Laboratorio de análisis Echevarne

Teste Pré-natal Não Invasivo

Teste Pré-natal Não Invasivo

O Teste Pré-natal Não Invasivo é um exame de sangue materno que detecta as principais alterações cromossômicas do feto, evitando os possíveis riscos de amniocentese.

Este teste pré-natal não invasivo é indicado para realizar uma triagem pré-natal para possíveis anormalidades no feto a partir da 9ª semana de gravidez.

Saiba mais sobre o TPNI

O Teste Pré-natal Não Invasivo consiste na análise do sangue materno para detectar anormalidades do feto, diminuindo a necessidade de realização amniocentese e os possíveis riscos que esse teste acarreta.

1. Quem pode fazer o teste pré-natal não invasivo?

Este teste é indicado para mulheres grávidas de qualquer idade a partir da 9ª semana de gravidez.

Nas seguintes situações:

  • Gravidez única ou gemelar
  • Gravidez de fertilização in vitro
  • Gravidez por doação de óvulos
  • Gêmeo Desaparecido (Gêmeo Desaparecido)
  • *É importante que você sempre consulte o seu ginecologista.

2. Ou o que determina?

  • Trissomias 21, 18 e 13 (síndrome de Down, síndrome de Edwards, síndrome de Patau), Monossomia X (síndrome de Turner) e outras aneuploidias sexuais.
  • Triploidia
  • Microdeleções (Síndrome de Di George, Monossomia 1p36, Síndrome de Cri-du-chat, Síndrome de Angelman, Síndrome de Prader-Willi)
  • Sexo fetal

3. Entrega e interpretação dos resultados

Prazo de entrega 8 dias úteis.

Interpretação de resultados:

BAIXA PROBABILIDADE: Isso confirma em 99% a probabilidade de o feto não apresentar as síndromes analisadas. No entanto, isso não descarta a possibilidade de envolvimento cromossômico fetal.

ALTA PROBALIDADE: Para confirmar um resultado de ALTO RISCO, um teste diagnóstico definitivo no líquido amniótico é necessário. É importante que você consulte os resultados com seu ginecologista.

Benefícios

TECNICAMENTE SUPERIOR Ele detecta condições que outros testes não conseguem, incluindo gravidez molar, triploidia e desaparecimento do gêmeo.
ÚNICO NA DIFERENCIAÇÃO DO PERFIL GENÉTICO Único teste que diferencia o DNA materno do fetal, ajudando a evitar falsos positivos e falsos negativos.
GRAVIDEZ GÊMEO Pode avaliar a zigosidade (se idêntica), sexo fetal individual e fração fetal individual * em gestações gemelares.
NÃO INVASIVO Com uma simples amostra de sangue materno evitamos colocar o feto em risco.
SEMANA 9 O teste pode ser feito a partir da 9ª semana de gravidez.
99% PRECISÃO Taxa de precisão superior a 99% para a detecção da Síndrome de Down.

Otros Análisis Destacados

Consulte os seus resultados